Oposição da China ao THAAD é justificada e suficiente

2017-03-20 13:59:12丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 20 mar (Xinhua) -- A China disse na sexta-feira que sua oposição ao sistema de Defesa Aérea Terminal de Alta Altitude (THAAD, em inglês) foi justificada e suficiente, pedindo que a República da Coreia (RDC) cesse o posicionamento do sistema de defesa de míssil dos Estados Unidos.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, fez as declarações em uma entrevista coletiva diária em resposta às reportagens de que muitos sul-coreanos não entendem por quê a China se opõe ao posicionamento.

"A China entende as preocupações sul-coreanas com a manutenção de sua própria segurança, mas o THAAD prejudica o equilíbrio estratégico na região e é inútil para a estabilidade na Península Coreana", afirmou Hua, apontando que o THAAD poderá tornar a RDC menos segura.

Hua informou que a cobertura do sistema de defesa de míssil THAAD, especialmente a área de monitoramento de seu radar X-Band, ultrapassou muito as necessidades de defesa da Península Coreana e atingiu o interior da Ásia, alcançando profundamente os territórios chineses.

"Não nos opomos às medidas necessárias tomadas pela RDC para manter sua segurança nacional, mas essas medidas não podem continuar em detrimento da segurança da China", anunciou a porta-voz.

"Instamos de novo que as partes pertinentes enfrentem a essência da questão, assim como as preocupações legítimas da China, e parem o posicionamento", acrescentou.

A agência de notícias Yonhap relatou na quinta-feira que o radar X-Band, um elemento central do sistema de defesa de míssil norte-americano, chegará à RDC no futuro próximo.

"A chancelaria sul-coreana esclareceu a questão, com o lado chinês, de que as reportagens são falsas", indicou Hua, notando que a oposição da China ao posicionamento do THAAD foi clara e consistente.

010020071380000000000000011100001361425391