Lula confirma plano para concorrer à presidência do Brasil em 2018

2017-01-12 16:54:39丨portuguese.xinhuanet.com

Brasília, 11 jan (Xinhua) -- O ex-presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, confirmou na quarta-feira que "está se preparando" para concorrer à presidência em 2018, caso seja "necessário."

Em seu primeiro discurso público do ano, o político disse que viajaria pelo país em 2017 para restaurar sua imagem e a do Partido dos Trabalhadores, "que foram criminalizados pela imprensa e pelo sistema de justiça."

Lula, que atuou como presidente do Brasil de 2003 à 2010, fez as declarações em um evento do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, no norte da cidade de Salvador, na Bahia.

Lula foi acompanhado por Jaques Wagner, ex-chefe de Estado Maior da Presidência Dilma Rousseff, e o ex-presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli.

Em referência às alegações de que seus oponentes podem solicitar uma medida cautelar para impedi-lo de concorrer, Lula disse que todo mundo deve ser capaz de concorrer à presidência.

"Se (o presidente Michel) Temer quer concorrer, excelente ... se (o Ministro das Relações Exteriores José) Serra quer concorrer, excelente (...) se (o juiz Sérgio) Moro, excelente (...) todos aqueles que querem ser candidatos têm esse direito, eles devem participar da festa e sair às ruas," disse ele.

Lula também disse que a economia brasileira, que atualmente mergulhou em uma profunda recessão, voltaria a crescer por meio de investimentos públicos.

Segundo o ex-presidente, o Brasil precisa de uma revolução agrícola, inclusive usando bancos públicos para financiar a agricultura familiar, as pequenas empresas e os consumidores.

"A única forma de o país crescer é se o Estado investir, e a única forma de diminuir a dívida (pública) contra o PIB é fazer crescer o PIB," disse Lula.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com

010020071380000000000000011100001359771981