720 pessoas são presas em inspeções ambientais

2017-01-12 12:12:25丨portuguese.xinhuanet.com

Beijing, 12 jan (Xinhua) -- Um total de 720 pessoas foram detidas e 6.454 responsabilizadas na China por delitos relacionados com o meio ambiente em 2016, segundo as informações reveladas em uma conferência nacional de trabalho ambiental.

Através de denúncias públicas e controles aleatórios, inspetores examinaram 33 mil casos e impuseram multas totalizando 440 milhões de yuans (cerca de US$ 63,6 milhões) depois de inspeções do governo central às diversas regiões provinciais incluindo Beijing e Shanghai.

Em 2016, o governo negou 11 projetos de alta poluição e de elevado consumo de energia, envolvendo um total de investimentos de 97 bilhões de yuans, segundo a conferência.

No ano passado, 4,05 milhões de veículos altamente poluentes foram retirados das estradas do país.

Devido aos esforços, as cidades chinesas registraram menos poluição de PM2,5 em 2016, com a densidade média de PM2,5 em 338 cidades reduzindo em 6%.

Ao mesmo tempo, os dias com boa qualidade do ar aumentaram anualmente em 2,1%.

A China está lutando contra a poluição e degradação ambiental depois de décadas de crescimento deixarem o país com problemas ambientais, tais como o smog e solo contaminado.

O governo central impulsionou um plano nacional para a melhora ambiental para o período do 13º Plano Quinquenal (2016-2020) no último mês estabelecendo tarefas detalhadas sobre o ar, água e terras poluídas.

010020071380000000000000011100001359766231